quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Não é conto, desencana

Acabei de chegar da Editora InVerso, onde fizemos um balanço bem bacana das vendas do livro (a 2ª edição - pocket) depois de um ano. É interessante ver o "filhote" do ponto de vista mercadológico, como ele se saiu, qual foi a receptividade. Algumas informações interessantes:
- Foram vendidas efetivamente 510 unidades (a meta era 1.000)
- Quase metade em ações em bares, restaurantes e teatros
- Nas livrarias e bancas, as pessoas relutam em comprar o livro no formato pocket. Preferem que o livro seja GRANDE, associam tamanho a valor
- Por outro lado, nas ações o "pocket" tem um apelo mais atraente
- Foram distribuídos para imprensa, degustação etc. 238 exemplares; acha muito? não é
- Tem ainda muito livro por aí nas livrarias, fiquem ligados
- Ano que vem faremos mais palestras, workshops e ações de venda
- Esta merda deO blog não vende quase nada

Agora, convenhamos, você que lê o blog e ainda não comprou: QUE FEIO! Só quer saber de usufruir gratuitamente do talento do autor... Vai ali do lado na barra lateral e compre seu exemplar. A propósito, O NATAL TÁ AÍ: compre mais de um de cada! Já pensou que presente bacana?

E preparem-se que ano que vem tem novidade. Arrisca antecipar o que é?

6 comentários:

minicontosperversos disse...

Alguém arrisca quantos foram vendidos da primeira edição?

minicontosperversos disse...

Duas histórias engraçadas da distribuição do livro na primeira edição:

1) um deles foi comido por um cachorro

2) um deles foi surrupiado por um porteiro tarado

whispers- disse...

hmmm..No começo nao gostei tanto do jeito que escreve,mas ta,passei a simpatizar,de verdade (: voce tem uns contos bem ótimos por aqui!

minicontosperversos disse...

Whispers - obrigado pela sinceridade; vai ver o MCP é tipo uma boa cerveja, tem que acostumar o paladar para gostar

Ariel disse...

Caralho, amei o blog. To seguindo já. Vou ler ele inteiro quando tiver um tempo.

Ariel disse...

Ah, e nisso eu vou ver se compro o livro, certo? É bem capaz que eu vá.