terça-feira, 15 de março de 2011

Porta de cadeia

Eu e uns amigos treinávamos karatê na adolescência. Fazia bem pro corpo e era relativamente divertido. Invariavelmente a gente apanhava dos marmanjos, mas fazia parte do processo de deixar de ser molengão.

Nesse contexto chamava a atenção o Guiomar. O nome é uma aberração sim, e isso pode explicar um pouco o caso. Ele era gordo, mas gordo mesmo, e isso não impedia que o cara fosse muito firme nos katas e kumitês. O Guiomar era dedicado e um dos melhores da academia em equilíbrio, força e velocidade. Nunca vou esquecer suas esquivas rápidas. O pouco que sabíamos da sua vida é que estudava no Estadual e vivia com o pai viúvo — em conversas de vestiário vazavam indícios da convivência conturbada entre os dois.

Quando se preparava pro exame de faixa-preta foi convocado para o exército e não teve escapatória. Perdemos contato, até que um dia ele apareceu na capa da Tribuna (jornal sangrento de Curitiba): Guiomar constava num inquérito como mandante do assassinato do pai.

Intrigante é como a investigação concluiu o caso. Nosso ex-colega de academia passou dias interpelando supostos marginais na Praça Tiradentes até encontrar um que topasse empacotar o pai pelos trocados que ele levava no bolso. Quando apareceu na tv e jornais chorando a perda num suposto latrocínio, choveu neguinho na homicídios denunciando o Guiomar.

:: 17.03.2011 ::

10 comentários:

Anônimo disse...

O cara matou o pai de RAIVA do nome que ganhou?

Menina Misteriosa disse...

Desespero alardeado dá nisso.
Aprendizado: ou a gente mesmo faz ou aprende a falar menos.


MeninaMisteriosa

Vampira Dea disse...

Droga gente! Só pq ele era gordinho tinha que ser bonzinho?

Maria disse...

mistérios que só acontecem no mcp: o negócio foi escrito dia 17/03/2011 e publicado no dia 15/03/2011.

[já pode me chamar de chata]

adoro historinhas de crime. você sabe.

Anônimo disse...

Dentro de nós há dois cachorros que vivem brigando.
Bem e o mal.
Amor e ódio.
Certo e errado.
Sempre vence aquele que alimentamos melhor.
Beijos. V.

minicontosperversos disse...

Anônimo - É uma boa hipótese

Menina Misteriosa - Nem escolher bem os cúmplices adianta

Vampiradea - Quem disse que não eraw bonzinho?

Maria - Mistérios de calendário com o mês trocado

Flavinha Mel disse...

Guiomar é moleza...conheci um Atanagildo Ribeiro num show do Zé Ramalho...

Cassiana disse...

pois é, um obeso militar quase faixa preta, camarada gordo e bom de esquiva [?!?] coisa rara mesmo, nome bizarro pra estimular a gana não podia simplesmente ir lá e matar o pai. coisa simples.. se fodeu.

Sr.Apêndice disse...

Após ler esse MCP só penso numa coisa: como o mundo é perverso... aheihaheiuaheuhe

minicontosperversos disse...

Flavinha Mel - pegou?

Cassiana - como diz o velho ditado, se quer bem feito, vai lá e faça você mesmo(a)

Sr. Apêndice - talvez você não tenha pescado, no Twitter, que essa história é REAL; aí sim o mundo é cão