quinta-feira, 10 de julho de 2008

O cachorro que chupava manga

Tinha um tempo que, como todo mundo, o Zé era inocente. Ele e dois amigos do tempo do Zacarias (primário) eram uns tremendos "bocós", como se dizia na época. A gurizada mais velha, a troco de ensinar "coisas do mundo" para os mais novos, acabavam aprontando. E geralmente ensinavam tudo errado e cheio de preconceitos. Fique bem claro que, naquele caso, o "aprontar" não contemplava viadagens e afins, mas usar o inexperiente, por exemplo, de "vinagrão". Antes que perguntem, vinagrão é cara que tempera para os outros comerem.

O fato é que tinha uma aluna da quarta série que além de linda tinha reprovado uns anos, ou seja, era quase mulher formada começando a se insinuar. É óbvio que isso endoidecia todo mundo. E como ela não dava bola pra ninguém, os mais velhos chamaram o Zezinho e os amigos e contaram que a musa passava leite condensado na xoxota para o cachorro lamber. Literalmente.

Nem precisou estimular. Os bocozinhos ficaram impressionados e multiplicaram o boato no pátio da escola de um jeito que nem essas correntes de e-mail fazem. E óbvio que a bomba chegou nos ouvidos da beldade. Com toda aquela gostosura precoce ela chegou com jeitinho nos fofoqueiros (todo mundo que estava perto vazou) e perguntou o que eles estariam divulgando. E não é que na inocência eles escancararam a historinha para ela? "Contaram pra gente que você passa (...) É verdade? De que raça é seu cachorro?"

Ela não negou nem confirmou, ouviu tudo silenciosa, deu um sorriso maroto pro Zé e os dois camaradinhas, e a partir dali virou amiga e "consultora" dos três, de um jeito carinhoso, mas que na visão da canalhada que via de fora, "tinha coisa". Uma vingancinha discreta e cheia de dignidade. O Zé e os amiguinhos se deliciaram, mas não precisa dizer que nunca rolou nada com a musa, porque nem na fase da punheta eles estavam ainda.

:: 10.07.2007 ::

12 comentários:

minicontosperversos disse...

Ok, antes que todo mundo desista dos MCPs pela total falta de conteúdo novo, publicamos om conto concebido (digamos que) ontem durante a viagem.

Porra, ninguém comentou os últimos posts ou o que?

Foi a primeira vez que escrevemos um conto inteiro direto ali no blogger. Uma experiencia legal (olha, os acentos estao foda de botar porque estamos looonge, onde o teclado é diferente).

Na volta, uma novidade, o FAQ do MCP.

Até lá!!

iara disse...

ai acho que tô muito inocente...não entendi a vingancinah discreta e cheia de dignidade do caso..

A Senhora disse...

Saudades... Até que eu vi que você comentou em outro blog! Corri para cá e eis você!

Depois eu comento o texto. Aliás, leio... ;) Nas minhas férias eu também dei um jeitinho de entrar nos blogs.

Curta bastante por aí!

Beijinhos!

A Senhora disse...

Sei lá... Do jeito, assim contado, parece que ela é musa até hoje, né não? ;)

J i l s disse...

Este termo vinagrão pra mim equivale a Padeiro...

E que história é essa de FAQ?

F. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mary West disse...

Ahh ela foi esperta heim? Deu-se um ar de misterio que com certeza fez os garotos lembrarem a da musa para sempre.

minicontosperversos disse...

IARA - ao inves de ela ficar desmentindo, deixou os bandidos com o pau na mao, pensando que os bobinhos tavam se dando bem

SENHORA - senhora bruxa... pelo que consta nos autos, nem se lembram da carinha dela mais

JILLS - explica o padeiro?

FLAVINHA e MARY - no FAQ estara explicado; qualquewr coisa... gooogle!

J i l s disse...

Padeiro = quem amassa para os outros comerem...
não é assim?!?! hehe

minicontosperversos disse...

ta certo, ju (jills). achamos até que deve ser a expressão original. depois derivaram pro vinagrão!!!!

vc, como sempre, pertinente.

como foi a peça? quando vai rolar a reapresentação?

J i l s disse...

Se tudo der certo em outubro na Mostra Bilu-Bilu... mas eu aviso fica tranquilo

FERNANDO disse...

Ahan. A bem da verdade foi que a taradinha lá chamou os garotinhos, lambuzou toda a periquita de leite condensado, e quando o primeiro lambeu, exclamou:
- Ah, num gostei, não! Prefiro o leite condensado na tigela!