terça-feira, 24 de março de 2009

Não me chame para dançar depois do campari

Minha amante me chamou de mentiroso cínico e minha mulher me deu o fora. O final de semana prometia. Acabei em companhia do "velho jack". Uns goles depois, eu choramingava um blues no boteco. Elas me atiram num abismo daqueles, e nunca me ensinaram a esquecer.

O garçom tentava pegar o microfone da minha mão, ameaçando me botar para fora. Eu gritava "eu paguei, tenho direito de cantar qualquer coisa, e mulher não presta mesmo!". Depois, no balcão, sentado ao lado de uma das moças que não vão ao bar por divertimento, ouvi: "Fica assim não queridinho, mulher é tudo igual, nenhuma vale o seu sofrimento. Chega aqui que te faço um carinho."

"Igual uma ova! As minhas são boa gente!" Fim de noite é quando você passa do jack para o campari. A um flash dali eu, sozinho, esparramado no sofá da portaria do prédio, olhava o salão pela porta de vidro e lembrava como eram simples as festinhas americanas, meninos levavam gasosa Cini, meninas, os salgados e doces, a dificuldade e o simbolismo de "chamar para dançar". Hoje eu danço sozinho.

:: 13.02.2004 ::

39 comentários:

minicontosperversos disse...

Mais um da série CONTOS LÁ DO COMEÇO DO MCP QUE CONSIDERAMOS FILHOS PRÓDIGOS E QUE PELO BAIXO TRÁFEGO DA ÉPOCA PASSARAM DESPERCEBIDOS.

Naquela época, só a querida Bruxa (hoje A Senhora) tomou coragem de comentar. Vamos ver desta vez.

Sentimental ♥ disse...

por isso eu não tomo campari.

Vampira Dea disse...

Cá pra nós, eu sou uma esponja, bebo de tudo e gosto de tudo a única coisa que nao desce`´e o famigerado, amargo e lindo campari.Mas me conta uma coisa: mulheres nao prestam né e pq arranjar logo duas? Aiaiai a verdade é que somos boas demais, coniventes demais e quando dizemos nao ou nos rebelamos por algum motivo nao prestamos...precisamos mudar...E depois os homens choram...E ai de quem falar mal...Gente nao repara os erros é que o teclado ñao tem alguns sinais

maria disse...

(antes que isso aqui vire experiência antropológica)

Eu tomo Campari. E gosto. Foi o convívio com a máfia... que me fez até entender o sofrimento do pobre.

Branca disse...

Que delícia que eram essas festinhas rss...pois é, o menino que via toda uma dificuldade pra "chamar pra dançar" virou um homem - guloso - que precisa de duas de uma vez e ainda reclama que mulher não presta...vai entender.



bjo pra vc!

Sweet Toxicant disse...

Engraçado... eu penso a mesma coisa dos homens!!

Ainda assim, não me canso deles! Só por um tempo, mas logo que me recupero do baque, lá estou eu denovo.. hehehe!

louise disse...

Acho que seria de "bom tom" explicar para as leitoras estrangeiras o que é gasosa Cini, hehehe
(sim, acordei chata).
Beijo

Altamir disse...

Gustavão, belo remake, realmente, tudo que fazemos nos nossos "anos verdes" tem muito maior representatividade. Vale para a vida toda. Passamos anos tentando repetir aquelas sensações, mas é totalmente em vão. Uma observação, não seria GINI gasosa? Abraço!

Renatinha disse...

Não gosto de campari, nem de dançar sozinha. Quanto a prestar ou não... somos seres humanos, não importa o gênero... acho que isso resume muita coisa.

Fátima disse...

Cini é coisa de Curitiba acho... ou de paulista?
Na minha terra era Fanta mesmo. Vou concondar plenamente com o Altamir pois também sempre busco essas lembranças que valem para vida toda pois era tudo mais fácil e gostoso?!
O mundo tá tão doido que queremos muito e temos menos ainda.

Sininho disse...

Eu conheci como CINI GASOSA, lembro porque levava todo dia de lanche quando estava no pré, rsrs.
Campari nem é tão ruim assim!!!

Kisses

minicontosperversos disse...

Gasosa Cini é uma bebida tradicional aqui do Paraná. A fábrica, de imigrantes italianos, deve ter mais de cem anos.

Cini está pro Paraná como TUBAÍNA está pra São Paulo.

Se não me engano, tudo deve ter começado com um refrigerante de GENGIBRE, chamado GENGIBIRRA. Não é táo ruim assim.

Algumas das tradições que envolvem a gasosa Cini:

1) Ir na Confeitaria das Famílias de tarde (em especial no final de semana) e comer bomba com Wimi (refrigerante de laranja MUITO doce e que vem numa garrafinha pequena). Diz que o efeito é tipo MENTHOS+COCA LIGHT

2) Sopão do Calouro - nos trotes unificados da UFPR era servido nos panelões do restaurante universitário (Le Ru, em francês). Basicamente feito de pinga barata e gengibirra. Em nosso trote pelos idos de 1988, estragamos o sopão derrubando gasosa de framboesa dentro.

3) Se pesquisarem vão descobrir que os imigrantes faziam essa gengibirra de forma rústica, colocando chá de gengibre e açúcar numa garrafa, rolhando, enterrando. Aí era esperar um mês e tirar debaixo da terra. O gás se formava naturalmente GASOSA). Isso deve ter influenciado a receita da gengibirra dos Cini.

Para quem quiser saber mais e rir, entre no verbete Cini da Desciclopédia.

Como geralmente tiram do ar "a pedidos", mandamos um descritivo a seguir. (sem os tachados fica menos engraçado, mas tentem deduzir)

-----------------------
Mas antes, alguém aí já tomou Baré-Cola?
-----------------------

O que é Cini Bebidas?
Caracterizada pelo seu horrível belíssimo slogan "Uma empresa centenária: essa é a Hugo Cini." Com um sabor péssimo esplêndido, e com uma missão importantíssima"Produzir bebidas inovadoras e de qualidade para o mercado nacional e internacional, aplicando tecnologias atualizadas", ou seja matar você.

Sabores
Existem vários sabores de diferentes qualidades mas todas acima da média no mundo inteiro. Eles são:

Framboesa
Tem um toque de magia na sua composição sendo a referência de muita alegria, felicidade e maus momentos para os seus consumidores. Desde diarréia a má digestão são as causas de tomar este ácido sulfúrico. A gasosa Cini Framboesa é a preferência do público infantil e que se torna referência até a idade adulta, pelo seu sabor de cocaína e por todas as histórias que cada um tem para contar sobre quando viram coisas alucinógenas ao tomá-la. A sua cor avermelhada forte e vibrante e o seu sabor suave e adocicado são qualidades que a Cini Framboesa não tem!
COMPOSIÇÃO: Água carbonatada, açúcar, extrato natural de framboesa, extrato vegetal da semente de guaraná 0,00001%, aroma idêntico ao natural de framboesa, acidulante (INS 350), conservante (INS 211) e corante (INS 123),e um pózinho que a composição só oito pesoas no mundo sabem.

Coca+limão
Com sabor suave e refrescante assim é a gasosa Cini sabor Cola + Limão. A gasosa que tem o melhor sabor da cola combinado com o suco hidrificado congelado gaseificado de limão, favorecendo o perfeito encontro de um refrigerante de cola desequilibrado com a acidez dessa fruta cítrica, conhecida por ser uma excelente fonte de mortes cerebrais.
COMPOSIÇÃO: Água carbonatada, açúcar, aroma natural de cola, extrato de noz de Cola, suco natural de limão 71,5%, acidulante (INS 339), conservantes (INS 211 / INS 202), antioxidantes (INS 300 / INS 315) e corante "cocô churrasco" I (INS 150a).

ABACAXI+GUARANÁ
A gasosa Cini Abacaxi e Guaraná é a combinação perfeita entre as frutas que são sinônimos do sabor maravilhoso e expressivo e do cheiro de mijo, tem a explicação nas linguagens ancestrais. A palavra abacaxi vem do tupi: iba-cati (significa fruto que cheira mal), e na linguagem indígena: ananás (significa fruta horrível), e ainda para complementar o seu inigualável sabor tem na sua composição a sementes de guaraná garantindo ao paladar o gostinho azedo.

GENGIBIRRA
Cini Gengibirra é a gasosa de sabor único, forte suave, pavorososaboroso, refrescante e exclusivo da Cini Bebidas, pois somos a única indústria do Brasil que fabrica o refrigerante de gengibre. Este rizoma que é o gengibre, conhecido como uma das plantas medicinais mais antigas e populares do mundo, possui nutrientes estimulantes como o viagra indígeno, vitamina B7, vitamina B182 e sais minerais, como magnésio, aço e zinco, os quais colaboram na composição da gasosa Cini Gengibirra atuando como um excitante estomacal, carminativo, expectorante e afrodisíaco.
COMPOSIÇÃO: Água carbonatada, açúcar, extrato vegetal de gengibre, aromas naturais, acidulante (INS 330), antioxidantes (INS 300 / INS 315) e conservantes (INS 211 / INS 202).

Linha Wimi
Esta linha é a responsável por mais ataques cardíacos da história fazendo o tio Hugo Cini feliz, tem nas versões light e wimi normal agradando aos mais variados paladares (isso graças à lavagem cerebral que a "wimi" causa).

Fatima disse...

ainda bem que prefiro " a cerva"

minicontosperversos disse...

Como o link do nosso BIG COMMENT não "fungou", mandamo-lo aqui

e aqui:
http://desciclo.pedia.ws/wiki/Cini

Alessandro disse...

Boa tragicomédia. Já conhecia, mas muito bom ler novamente.
Então.
O "Agora eu danço sozinho" foi ótimo. Pra mim pareceu ter, no mínimo, três significados diferentes(sem falar no significado literal, claro).
Pô, Cini e Wimi tem gosto de infância legal.
Gengibirra então, nem sei se é bom, mas tomo sempre pra me lembrar de quando eu podia ser irresponsável à vontade.

Sininho disse...

Desses ai o unico que tomo é o de gengibirra, a linha wimi realmente são mais as crianças que gostam.
Mas ninguém consegue imitar uma Coca cola da vida né?

Por mais que inventem outros refrigerantes com diversos sabores, já foi comprovado com estudos de pesquisas que a preferencia das pessoas (pesquisa feita com Brasileiros) é a coca-cola.

Nossa turma fez uma pesquisa dentro do campus da facul com refrigerante, se as pessoas sabiam diferenciar o gosto da cini com limão, pepsi twisty e coca-cola lemon.

Cada uma que escutamos, rsrsrsrs!!!

Kisses

louise disse...

pqp...tratado sobre refrigerantes Cini, hahaha

Desculpa!!
Beijo

Sweet Toxicant disse...

Meu Deus!
Nada disso aí é do meu tempo não!
Baré Cola? Gasosa Cini? Meeeuu!!

Eu só lembro da Tubaína, até porque aqui em Sampa ela ainda reina... rs

Eu com 8, 9 anos brincando com a molecada na rua, ia até uma bomboniere comprar "Tubaína no saquinho" hahahahaha!

Mulher Objeto disse...

Hahaha, campari é quando vc percebe que está na hora de parar. É verdade que depois dele a desgraça é certa.

nin@ disse...

Argh!!! Campari, meu Deus, bem fim de noite mesmo, eu ainda fico com aloira gelada!!! Ah! festinhas boas aquelas de garagens...péraí: alguém pode me explicar: existe tubaína de saquinho???? nunca ouvi falar...agora Cini, faz parte da minha infância, rsss

Vampira Dea disse...

Jà bebi ba`´e cola e o pior quente aquilo parece um acido de desintupir pia
´ruim demais.

T disse...

Bonita figura :P

Faz parte!!

ahaha


beijo*

maria disse...

Eu já tomei baré cola. Mas acho que prefiro o Campari.

(pobre campari)

Ragas disse...

Fala Gustavão! O Palavra por Quilo já está lá pra vc acessar. Na verdade, achei que já tinha avisado.

O trabalho foi braçal, já que não tenho conhecimento algum na área de computação. Copiei e colei um por um... arrrrrghh!!!

Ah, comecei a trabalhar agora em um novo livro, só que dessa vez não será de contos, e sim um suspense.

Abrazzo Ragazzo

Ragas disse...

Só pra saber, já encomendou meu livro? Quando sai o seu?

Única e Exclusiva disse...

Dançar sozinho(s)?! Não parece que você(s) curta(m) solidão!!!

Mas, cantar(em) igual(is) a (uns) bobo(s) e beber(em) campari é coisa de apaixonado(s) e creio piamente que não faça(m) parte deste cenário.
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Bjos ú&e

minicontosperversos disse...

sentimental - toma o que aonde?

vampiradea - pode ser meio ruim e dar a maior ressaca, mas é lindo mesmo; vc são ótimas, o protagonista do conto que era tosco

o pior da baré cola é que é salgada

maria - por sofrimento do pobre vc quis dizer...

e, sim, o pessoal está injustiçando a doce-amarga bebida

branca - as festinhas americanas mudaram quando começaram a chamar de cachaçadas dançantes

guloso só pq quer duas?

sweet tox - preferimos as mulheres, viu? MUITO mais interessantes

e tubaína de saquinho deve ser uma beleza... tinha uma época que em shows, estádios e afins tentaram vender cerveja no saquinho; imagina por que não deu certo?

louise - seu pedido é uma ordem (ATENDIDO)

alta - ontem revivemos, amigo... revivemos

renatinha - alguns são mais seres humanos que outros

fátima - qual a sua terra (da fanta)? como vc chegou aqui? (estamos curiosos hj)

sobre a cerva, é só marcar

sininho - levava lanchinho pra escola é? leva lanche em festa?

coca-cola? como diz a fátima, somos mais da cerva

alessandro - dá um jeito e continua sendo irresponsável, bro; faz bem; agora... pode explicar?
dançar sozinho 1 - se dar mal
dançar sozinho 2 - dançar propriamente dito
dançar sozinho 3 - ?

mulher objeto - EXATAMENTE

nin@ - festinh de garagem boa era aquela que tinha malhódromo (aquele sofazinho no escuro)

T - bonita deve ter sidoa dor de cabeça no dia seguinte

ragas - vamos ver qual vai ser desse suspense! romance ou novela? (como se eu soubesse a diferença)

minicontosperversos disse...

ú&e - somos ETERNOS apaixonados

no caso do protagonista ele estava de fossa (apaixonado) por duas, viste?

J i l s disse...

falando em tristezas de pés na bunda e eteceteras o senhor não foi ver minha peça não é mesmo!!
...
Não respondi a duração antes pq nesses dias de apresentação nem entrei na internet...

bom... fica pra próxima né

Alessandro disse...

"Chamar pra dançar", via de regra, era uma pressão terrível para os meninos, com ene efeitos psicológicos (isso até meados dos anos 90, hoje não sei de mais nada).
Mas em psicanálise, naquele negócio de que tudo é libido, "chamar pra dançar" denota outra finalidade, por mais que o candidao a pé-de-valsa não se dê conta (não que eu concorde).
Logo, pensei que o "simbolismo" se daria aos dois aspectos, e que o anti-herói do texto tivesse feito referência ao segundo no fim do conto (além do sentido de "se dar mal", que é evidente).
Aguardo o lançamento do livro!
Valeu!

Sininho disse...

Eu LEVAVA sim, mas com certeza nada melhor que algumas cervejas, só entrei no caso da coca-cola por causa do assunto.

Kisses

Fatima disse...

eu sou de Campo Mourão, como lá tem muito descendente de SP inclusive meus pais, tomávamos muito a tubaína, as grosellas, fanta, coca.....
Cini para mim é realmente coisa de ctba até que é bom comer pastel na feira com a Cini, até dá para tomar uns dois goles. ( no máximo)
beijo,

Altamir disse...

Puerra, vivendo e aprendendo! E não é que a Cini gasosa fez e faz sucesso! É bom ser surpreendido por informações novas. Em SP, além da tubaína, a Baré Cola tb teve seu público. E no Ceará, terra da minha cara metade, pasmem, predomina a Cajuína São Geraldo (muito boa, por sinal). Agora, Campari, nem a pau Juvenal, argh! Nem mesmo na época dos bailes mela-cueca! Abraços!

louise disse...

Obrigada pela atenção, hehehe

Tive que voltar aqui por causa da tal Baré Cola. Salgada?
Só eu tenho mente suja aqui? hahaha

(eu vou ficar quieta depois dessa).

Sentimental ♥ disse...

cerveja, no copo.

minicontosperversos disse...

jils - sabemos que não justifica, mas tava tudo certo pra irmos no dia 25 meio-dia (somos brasileiros, nunca desistimos, mas deixamos pra última hora) e a reunião do trabalho terminou às 11h50

de qualquer forma, não faltarão oportunidades - sério mesmo, estamos interessados em conhecer seu talento cênico

alessandro - tá mais do que certo, amigão; o "chamar para dançar" era um pretexto para a aproximação, um jeito de iniciar a conversa; dançar a gente mal dançava; ficávamos agarradinhos e dando voltinhas, aproximando a boca do pescoço da menina

valeu pela luz, muitas lembranças agora... temos umas 375 histórias de coisas que dizíamos quando a moça respondia NÃO, OBRIGADA

sininha - projeto de marketeira

fátima - ótimo, começou a se revelar; campo mourão... solta mais uma?

pastel na feira é mais uma mania de curitibano; os caras comem pastel na feira até depois de sair de rodízio de massas

alta - mela cueca é uyma expressão doce e mal interpretada... maravilha; grandes lembran''cas de dores nas bolas depois dessas festas

louise - sim, só vc; desenha pra gente, o que tem de segundo sentido na baré-cola salgada?

sentimental - champanhe já dá pra variar, né?

Sentimental ♥ disse...

sim sim, mas só de vez em quando, em situações muito especiais...

Fernando Ramos disse...

É impossível não imaginar a cena ao estilo Reginaldo Rossi, na mesa do boteco, derrotado e com um microfone tentando ser tomado... :)

Fernando Ramos disse...

Ah, e Campari pra mim não é fim de festa. É fim de vida.