terça-feira, 31 de março de 2009

Lugarejo

Novo conto da Sra. Yfy (aqui e aqui), uma mulher que deseja intensamente viver e escrever, mas que optou pelo conforto e a aceitação social.

Quase não acreditei quando ouvi essa história, e tem outras perversas demais para ser contadas. Um lugarejo numa comunidade pequena com umas cinquenta famílias perdidas no meio do mato. A velha senhora colocou uma ponta de galho no fogão a lenha e contou como tudo aconteceu.

"Era uma vez uma moça linda, que nasceu pro lados de cima", ela, a velha, morava pro lado de baixo. "Bem, era uma moça linda que todo mundo olhava e dizia é um anjo. O pessoal da cidade que às vezes vinha pra cá garantia que ela poderia ser miss. Um dia a moça conheceu um rapaz da cidade, e era um tal de andar juntos por todos os cantos. A mãe, ressabiada, contou a verdade logo de cara. Eram irmãos. Se desgrudaram, ele foi embora. Ficou grávida, nasceu a criança, e ela enfiou um garfo na goela do bebê, que morreu engasgando sangue.

"Daí começou o tormento da família. O pai ficou louco e pegou a filha. A mãe morreu de desgosto e a filha casou com o pai. Teve um filho que o pai mesmo fez o parto e enterrou no quintal. No dia seguinte o cachorro andava com o bebê na boca.

"E não acabou aí a desgraça, seu moço. O pai fez outra filha na filha, e depois, muitos anos depois, fez filho na neta."

28 comentários:

Vampira Dea disse...

Vixe que miseré, nao tem tragédia grega que supere, porque estao todas reunidas aí em uma única história.

Branca disse...

Em cidades do interior, principalmente zona rural, é muito comum casos como esse, filhos(as) violentadas pelo pai ou outros membros da família - a mãe por absoluta falta de informação- consente e em alguns casos acha até normal. É triste, mas é uma realidade, a falta de informação, de cultura, de socialização, faz as pessoas voltarem aos seus instintos mais primitivos...viram verdadeiros animais!


Boa semana pra vc...bjo!

Altavolt disse...

Espero que sirva pra alertar contra as barbáries que ocorrem por aí. Pesado, pacas, mas faz parte da realidade, infelizmente.

A Senhora disse...

Lembrou aquele cara lá na Europa que foi condenado recentemente... Primeiro mundo! Esta história é até singela com o que aconteceu por lá.

beijinhos, querido

Única e Exclusiva disse...

Embrulhou meu estômago em ler, argh!

Teve um caso parecido aqui em Pernambuco que foi assunto Mundial, o padrasto que abusou da enteada de 9anos que ficou grávida de gêmeos, e o resto vc's sabem o desfecho.

Perplexa!!! Nádegas a declarar.

Bjos ú&e

Babi Freitas disse...

Ok, isso assusta, sabe...

;)

Sininho disse...

Está parecendo até o caso daquele monstro Austríaco.

Deve acontecer muitos casos parecidos por aqui, mas a mídia abafa e coloca só o que interessa a eles.

Tem um programa que assisto que é "mente dos criminosos" eles tentam estudar o que leva esses psicopatas a fazerem isso e geralmente vem de infância, já sofria abuso sexual ou mesmo de ter que matar animais na fazenda leva uma criança a passar o resto da vida com isso. E alguns ainda conseguem manipular e serem absolvidos.

Kisses

nin@ disse...

nossa, que horror...depois do luxo das pulseiras, essa ficou trash pra caramba, hein? Qualquer semelhança, não é mera coincidêcia...infelizmente!!!

Mari - é como quero ser chamada. disse...

Essa foi muito muito muito muito muito muiiiiiiiiiiiiiiittooo perversa!

aii guapo.....


mas agora com a boca fechada depois do horror, te cobro publicamente:
RESPONDE MEU E-MAIL CARAIO!!!!!!!!


Ai que falta de compostura, odeio mulher falando palavrão, muito feio isso, mas não vou apagar, é pra surtir efeito...espero né pq este gupao ai as vezes é imprevisível.
Até benzinho.

Sentimental ♥ disse...

credo, incesto aí chegou e parou... kkk

[ rod ] disse...

Putz que desgraçeira total... se isso for verdade... pqp... vira um caso de família no sbesteira.r.s.s (digo sbt).

Abçs meu caro.. e bom ter você pelos lados de lá...






Oh, tem NOVIDADE NO AR:

O dogMas visita o blogue Quase 3.0 HOJE com o post inédito MEMÓRIAS...

Vai lá ler o que escrevi.


http://quase3ponto0.blogspot.com/

♪ Lorena disse...

e a filha da neta? o que aconteceu?


anyway, tô longe nada... estou a uns dois ou três blogs de você, logo ali, naquela curvinha. Vim pulando a ceruinha de um blog, depois a de outro, e de outro, e chefguei!Sou boa nisso, em pular essas cercas.

bjos!

♪ Lorena disse...

ahhhhhhhhh!!!

e já faz tempo que pulo, viu?? só que ontem resolvi me manisfestar ;)

Altavolt disse...

Gustavão: Responde o e-mail da Mari, caraio!

Sininho: Estou sentindo saudades de vc no meu humilde espaço... Rola um MSN?

J i l s disse...

Album de Família de Nelson Rodrigues então?!?!

Mari - é como quero ser chamada. disse...

Altavolt: Thank's!
;)
Acho que surtiu efeito!

maria disse...

História de gente do mato tem que ter lobisomem, assombração, essas coisas. Ela poderia incrementar o conto dizendo que o espírito da criança incestuosa encarnou no pai, o pai matou a mãe (espírito vingativo) e casou com a filha.

Sweet Toxicant disse...

Ai, que infortúnio!!

E tem gente que reclama da vida de barriga cheia...

Cleyton disse...

Hummm, gostei das sur(realidades) daqui. Abraço.

Sininho disse...

Alta eu ando meio sumidinha essa semana, o que estou fazendo é digno do novo filme Missão Impossível 5, rsrs.

Não acesso quase o msn, mais pode me mandar e-mail que estou sempre lendo e respondendo.

Kisses

louise disse...

eu não vou dizer que me embrulhou o estômago: me incomodou de verdade.

Beijo.

minicontosperversos disse...

justificando, não vamos fazer aquela sessão completa de responder comentários por dois motivos:

1) o assunto é pesado por si, e por mais impoliticamente incorretos que sejamos, seria demais brincar com a tragédia, mesmo que imaginária (tínhamos escrito tragédia com "j" e a Maria corrijiu!!!!)

2) o conto não é nosso, mas da Sra. Yfy; ela que fique à vontade pra responder

Comentando como leitor, a parte que pegou mais pesado é a do cachorro (inocente) andando com o defuntinho do recém nascido na boca

de resto, uma bestialidade grande demais, primitivo demais

minicontosperversos disse...

alguns pessoais off topic sim...

mari - vai lavar a boquinha com sabão; então, satisfeita?

lorena - leitora misteriosa e silenciosa... sutil e afiada (pelo coment do outro post)... demorou pra mostrar o rostinho!!!!

alta e sininho - GET A ROOM!

maria - aí virava saramandaia

COMENTÁRIO - já perceberam que 50% das fotos de perfil do blogger são de pessoas olhando pra trás ou de partes incógnitas ou detalhes do corpo? por que será?

Luciano disse...

Eia, tá parecendo realismo fantástico à Garcia Marques, em narrativa frenética. Gostei. Parabéns ao Gus pela escolha e à Sra Yfy pelo escrito.
Abração.

Altavolt disse...

Grande Gustavão, como Jack, o estripador, vamos por partes:
A boemia de Curitiba deve mesmo ser muito boa, precisamos vivenciá-la!
Quanto às calças de cintura baixa "femininas", visualmente falando, como homem, sou muito a favor. O que discuto é a forma imposta como a moda é seguida. Ao meu ver, sem critério ou análise por parte das usuárias. Quanto a poder observar qualquer detalhe da anatomia feminina, isso é sempre um exercício delicioso e imperdível! É o que move nossa existência! Abraço!

Fernando Ramos disse...

Caralho! Este foi o miniconto mais perverso de todo o MCP!

Qualquer semelhança com os dias de hoje é mera coincidência?

Mulher Objeto disse...

Geeenteeeemm

E eu ainda acho que tenho problemas mentais! Eu sou é normal pra carai, mega comum!

Cacau disse...

Não acredito..que horror bestial. Nem S.King pensaria em algo tão horroroso....Que imaginação admirável.
Fico pensando isso tudo na telona,deixaria JOGOS MORTAIS, EXORCISTA, entre outros parecendo cinema amador.

NASMATÊ...moço