segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Negação

Achei uns comprimidos no carro da empresa. Seria rebite? Perguntei do que se tratava pro colega que tinha viajado antes de mim. Fez que não era com ele, coisa de drogado em negação. Memorizei o nome (Diasec) e fui pesquisar. Remédio contra diarréia. Esse é o mundo hoje em dia: o cara prefere passar por drogado que confessar que pegou uma caganeira.

:: 23.11.2009 ::

8 comentários:

Marília_dosAnjos disse...

Deixa o bichinho. kkkkkkkk

*.*

A Senhora disse...

Essa me lembrou meu pai, que era bem capaz de se fazer calado e até induzir o outro a tomar o comprimido, só para depois rir do outro, principalmente se ao invés, fosse um laxante.

Altavolt disse...

Tirar onde de doidão dá mais status que ser tirado de cagão, né Gustavão? (PQP, até rimou).

Vampira Dea disse...

Drogado no caso ainda é mais digno que cagado, isso até parece coisa do Zé.

Sentimental ♥ disse...

kkkkkkkkkkkk
putz, mas é o maior vexame assumir uma caganeira...

minicontosperversos disse...

o alta pegou bem na veia e... mirian, ficamos pensando o que seu pai ia fazer com um boa noite cinderela em mão

minicontosperversos disse...

agora... quem nunca pegou um belo de um piriri (chamamos assim no sul, pra amenizar) com suas consequências vexaminosas...

maria disse...

Tá sobrando um desse aí??? Sempre é bom!

Cara, eu não tenho o menor problema em confessar minhas dores de barriga... coisa mais normal.

E depois que rodei Porto Alegre inteira para conseguir um remédio do tipo para uma amiga embarcar dali a 4 horas, e a coisa tava feia, na época em que retiraram o milagroso "elixir paregórico" de circulação porque é opiáceo (FALA SÉRIO!), e os "secs" da vida também, nunca mais viajei sem um aditivozinho deste na bolsa.

Maria cagona. Pronto. Podem falar.

(ah sim, o conto... foi perverso, bem perverso)