terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Numa pensão barata

me dá aqui esse chiclete que tu tá comendo pra mim tapar esse buraco na parede. não quero que esses indecentes espiem enquanto a gente faz coisa. tem vez que gemem mais alto que tu. eles emporcalham tudo que a gente faz de bonito aqui.

pensa que eu não sei que mal eu desço a escada eles começam a bater na porta tentando a sorte de tu estar louca a ponto de não resistir e dar pra qualquer um? por isso eu acabo a birita na noite. e se eles trouxerem mais birita, o que tu faz? abre a porta? abre as pernas?

me dá logo esse chiclete que eu tô com pressa, vamos fazer logo que daqui a pouco o chefe me chama pro trabalho.

:: 24.04.2008 ::

15 comentários:

minicontosperversos disse...

Primeiro do ano. É, a tia disse que é bem "daltoniano".

maria disse...

não fala em abrir as pernas não... em sentido PRÓPRIO, a coisa nunca esteve tão ruim.

já te falei sobre Praça Tiradentes e arredores?

Vampira Dea disse...

Nossa esse texto está até parecendo texto consagrado de nossa literatura rrsrsrs,Aqueles livros que fala do povo tipo O Cortiço, Viva o Povo Brasileiro, O Primo Basilio,sempre indicados na escola? Eu sempre descobria as pag quentes pra marcar e esquecer das outras e a mãe sempre dizendo como essa menina gosta de ler.

Sentimental ♥ disse...

mas com chiclete??????

Vampira Dea disse...

Vixe é mesmo, com chiclete rsrsrs

A Senhora disse...

Pois é... Desde ontem estou encafifada com este chiclete. Que raio de buraquinho ele ia fechar com isso?
Mas eu adorei o formato do texto. :)

beijinhos

Altavolt disse...

A classe operária vai ao paraíso! Gente simples também curte um voyeurismo!

Cassiana disse...

te falei que eu curto esse carinho né... é um cuidadinho meio possessivo mas é tão querido que às vezes sinto falta
lindo, amei

Luna Sanchez disse...

Que vida dura! ¬¬

ℓυηα

denilsen disse...

Eu achei a cara do Trevisan mesmo, me lembrou da época do cursinho, rsss. Ah, sabe q massa corrida é bem melhor que chiclete???
Bj

iaiá disse...

ou o chiclete era grandão ou o buraco da parece era muito pequenininho...rsss tb fiquei encafifada.

Carol Rodrigues disse...

tapar buraco na parede com chiclete... surreal!

se ainda fosse o buraquinho da
fechadira...

Sujeito Oculto disse...

Tem gente que gosta de ser assistido.

minicontosperversos disse...

maria - melhoraram as pernas?

então, fala pra gente da praça tiradentes e arredores... a daqui de CWB não é lá muito bonita

vampiradea - anos passam e hábitos não mudam; no blogosfera você escolhe as páginas quentes, e passa sempre por elas

sentimental / vampiradea / sra. mirian - vai que era uma metáfora pra ela ocupar melhor a boca?

alta - olha, já vimos muita gente da "alta" olhando no buraco da fechadura, viu?

a propósito, nunca apronte nada em banheiro de festa de nerd

cassiana - pois é, o verbo nem sempre refleta a intenção

luna - isso que vc não conhece a nossa, bela

denilsen/nin@ - não é todo mundo que leva pacotinho de massa corrida na bolsa; aliás, meio perigoso fazer isso hoje em dia... até explicar pro guarda que pó é aquele...

iaiá - o buraco que era pequeno

carol - o da fechadura é mais fácil tapar: basta colocar uma cueca pendurada na maçaneta

sujeito oculto - o rapaz era do tipo conservador; mas digamos que, dependendo do naipe de quem tá olhando, quase todo mundo gosta de ser assistido

Sentimental ♥ disse...

ok, mas e o buraco na parede? rs