quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Casamenteira

O Zé começou a namorar a Clara, filha do padeiro. Todo mundo avisou que ela era doida para casar, mesmo assim ele arriscou. Depois de investir bastante, acabou levando a moça para o sofá da casa dela numa tarde de sábado em que a família cuidava da padaria. Até que foi fácil partir para o "acasalamento", ela não botou objeção.

Nos finalmentes, o Zé lembrou da advertência dos amigos e gozou fora (essa história é da época em que não era forçoso usar camisinha). Foi tudo para o encosto do sofá. A Clara começou a chorar e passar a mão na mancha. Ele ficou comovido e disse para não ficar preocupada, que era só esfregar pano úmido que a mancha sumia. Ela olhou para ele ainda chorando, passando a mão da mancha para "as partes", e disse: Mas eu queria esse filho... Eu queria esse filho!

:: 29.07.2004 ::

15 comentários:

Leticia disse...

Triste...
Mirian me recomendou e gostei daqui.

Como pode um pensamento desses em pleno 2008?!

minicontosperversos disse...

Então, Letícia, a história se passa lá pelos idos de 1984... Nem tão triste, mais para tragicômica. Mas posso te garantir que ainda hoje tem gente que pensa como a Clara.

surrealismodoacaso disse...

Essa foi, com certeza, uma das melhores...

A Bruxa disse...

Passa pano úmido...
Tanta coisa resolve com um paninho, né?
Até coisas "claras" resolve com pano úmido - talvez um lenço úmido.

Anônimo disse...

Tadinha da Clara, Bruxa. Ela só vai usar lenço umedecido na hora de trocar as fraldinhas.

A Bruxa disse...

Benditos lenços umidecidos!!!

A Bruxa disse...

Mini Contos Perversos estão hoje no meu Caldeirão.(segunda-feira)
Beijão!

Anônimo disse...

Meu Deus!!! KKK Pq ela não experimentou "sentar" sobre a dita mancha??? kkkkkkkkk Essa foi ótima, conheço uma história em q a guria disse q engravidou do namorado pq foi tomar banho de rio c ele e enxugaram-se na mesma toalha, kkkk deve ser parente da tal "Clara", rssss.
Nin@

minicontosperversos disse...

O bom dessa "Série Pérolas Lá do Começo do MCP Mas Que Passaram em Branco Porque o Blog Era Muito Pouco Visitado" é que conseguimos um jeito de publicar o post com os comentários da época. Mata saudade do povo desaparecido e proporciona momentos de graça com os avatares desatualizados.

Vampira Dea disse...

A mas ta muito gato nesse outro avatar tb rsrsr.
Olha a burrinha de todo o jeito: bem se ela queria engravidar ficava quieta passava a mão no sofá e na perseguida sem ele ver rsrs, burra por achar que casar com o Zé ia ser coisa que preste, aliás fazer isso em qualquer época e com qualquer que fosse é burrice mesmo. Conheço uma que ficou grávida duas vezes dizendo que a camisinha furou.Eu não tava lá pra ver, não acredito. E como mãe deixo o povo aqui de casa bem atento pq ainda existem mulheres assim, com esse tipo de golpe um bem comum é dizer pro cara que está grávida sem estar ai o carinha baixa a guarda e então dá tempo da idiota ficar grávida. Homens, homens sabe as vezes fico preocupada com vcs assim no mundo...

Paulo Francisco disse...

Só lendo os cometários e me divertindo.
Um abraço

Flavio Guimaraes disse...

Clara é realmente, uma coitada. kkkkkkkkkkkkkkkk

Ps: esse foi bem perverso.

minicontosperversos disse...

Olha, meus caros, se procurarem um pouco nos contos bem desta época, vão se divertir com o comentário em que uma moça tenta nos converter para, o que parece, uma dessas religiôes pentecostais vexatórias. Vale o esforço!

Valéria disse...

84?? Mas creeeeeeeeeeddooooo!! rs Certeza??(Bem, de fato "as partes" é termo dos idos de milenovencentos mesmo).
Gostei. E tenho certeza que ainda hoje este tipo de coisa rola. Favor lembrar de danificar o conteúdo das camisinhas usadas, inclusive.

DIZDIZENDO disse...

Praticamente abandono parental...