sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Tântrica

Ela me lambeu inteiro. Cada detalhe, cada pormenor, cada volume, cada fenda. Não ficou nada sem lamber. Me fez tremer todo, cada poro do meu corpo com a saliva dela. (leia mais)

31 comentários:

minicontosperversos disse...

Mais um daqueles contos lá do começo do MCP, que consideramos filhos pródigos, os preferidos, e que pelo baixo tráfego da época, passaram despercebidos, órfãos.

Desta vez tomamos a liberdade de replicar alguns dos comentários (dataremos para diferenciar os contemporâneos)

minicontosperversos disse...

Acabamos de receber a triste notícia do falecimento de um camarada, o grande (em todos os sentidos) guitarrista Claudião. Que ele continue solando na guitarra eterna das nossas boas lembranças.
4 de Fevereiro de 2008 11:07

A Bruxa disse...

Quanto ao seu conto, embora eu não conheça, me pareceu tratamento contra ejaculação precoce... rrssss
4 de Fevereiro de 2008 16:36

nin@ disse...

concordo com a bruxa...sobre o comentário do conto...sabe vc daria um conselheiro para "homens afoitos", rsssssssssss!
bju
4 de Fevereiro de 2008 23:39

minicontosperversos disse...

Ah, nin@, não daríamos não. Nossa vocação, acreditamos, estaria mais para as mulheres interessantes. Essas sim mereceriam.
6 de Fevereiro de 2008 14:45

Anônimo disse...

Salve! Tântrica. Excelente.
6 de Fevereiro de 2008 17:03

Bem Resolvida disse...

uahuahuahauahauahauhaaua
huahauahauhauahauah

cara...esse papo de adiar o orgasmo pra atingir algo cósmico é babela!!

o que importa não é o tempo que ficou sem gozar....isso é o de menos...affff
rs

Kátia Flávia disse...

A questão é, o orgasmo múltiplo transcendental pode acontecer sim sem a preservação do sémen. Ele pode também ser prolongado. Técnicas japonesas milenares. Ela foi é uma tremenda sacana, não era travesti né? :p

Brincadeirinha!

A Senhora disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Embora já tenha lido antes, o pensamento que me veio quando li agora foi o mesmo da primeira vez.

Perversa dando tratamento para ejaculação precoce.

beijinhos

Altamir disse...

Putz, Gustavão, massagem tântrica...os rollinbunds já andaram por essa seara (mediante o pagamento da sessão, claro) e, como sempre, tomaram na tarraqueta! foram com sede ao pote e saíram de lá massageados, mas com aquela dor no @#%&*, sem liberar uma gota sequer do precioso líquido. O esperado relaxamento teve de ser feito manual e solitariamente, em local reservado, rsrs... Abraço!

minicontosperversos disse...

Alta, vc lembrou de uma coisa importante que a gente deixou passar. Ninguém reparou na pérola, na sutileza do Victor no continho Theater home, quando ele disse:

Voltou para a república a pé, fez amor gostoso, lavou a mão e foi dormir.

Momento lírico, intenso, e pouca gentew percebeu. Ou ninguém.

Altamir disse...

Realmente, Gustavão, "...fez amor gostoso...", solitariamente, no cinco contra um! Sutil mesmo. Ótimo FDS! Grande abraço!

maria disse...

(comentário cretino)

Vai ver ela só sabia lamber.

Lilian Dalledone disse...

Fazer o quê, né...
Viva os banhos demorados!...
rsrs

Clau disse...

Gu
Apesar de já ter lido o conto no passado, amei os comentários atuais, são muiiiito melhores ..rs
Pessoas incríveis, e com um maravilhoso senso de humor fazem parte do contexto.

bjos

Larissa Santiago disse...

nao era pra ter feito issooO!!
esse ritual acaba na quarta vez!
:P

[ rod ] disse...

Real e crível... qdo o desejo assim não se realiza... o gozo vai ao ralo.

Abçs meu caro,





Novo Dogma:
saCro...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

Toninho Moura disse...

Claro! Quem não gosta de uma punheta tântrica transcendental?

PS: Já leu meu conto natalino, "Papai Noel avião"?

Braços!

Sweet Toxicant disse...

É.. ela literalmente te deixou na mão!

Isso não é legal... simulação de foda é frustrante, quando você acha que ela está iminente.. hehehe!!

louise disse...

Conto umidificante, hein??
Afff...

nin@ disse...

Olhando por um ângulo diferente, desde fevereiro passado, hoje consigo concordar plenamente com o trecho que diz: "foda adiada é foda não consumada"... porque será???
Bj

minicontosperversos disse...

anônimo - é o típico comentário do amigo que sabemos quem é (tem marca registrada da saudação) mas não quer se identificar! abraço, véio, tá chegando o dia!

bem resolvida - o que importa então?

kf - vamos divulgar essas técnicas para os amigos!

sra. mirian - então, agora já conheceu o tratamento?

alta - mas cara, era só desembolsar mais uns trintão!

e tem um amigo nosso que dava um nome e etnia para essa "amante" dos momentos solitários: a argentina Palmita de la Mano

maria - então lambesse no lugar certo, oras! e na velocidade certa!

lilian - compactua?

clau - pessoas maravilhosas e sensíveis como você, amiga querida

larissa - por que não avisou antes?

rod - às vezes o ralo torna-se o caminho zen

toninho - tudo depende da qualidade da tântrica

sweet tox / nin@ - adiada é não consumada MESMO

louise - só vc teve sensibilidade para a parte poética do conto; sim, a intenção na descrição era ser MUITO umidificante

Altamir disse...

Era nada, Gustavão, a "terapeuta" veio cheia de lição de moral, informando que este não era o objetivo da massagem, e que o mesmo seria justamente o contrário, o total auto-controle. Veja só, logo os rollinbunds, doidos pra ficar descontrolados, tendo que ter auto-controle. Sifu, né? Abraço!

Mary West disse...

Achei o final muito justo.

minicontosperversos disse...

alta - então os rollingbunds erraram de endereço, caríssimo!

marywest - explique "justo" num contexto cruel desses

Altamir disse...

É, Gustavão, se fosse diferente não seríamos os rollinbunds, certo? Faz parte do perfil. Os rollinbunds são similares ao Zé, já te falei. A lei de Murphy os acompanha diuturnamente, entendeu?

Fonseca disse...

O QUÊ? Deixar pra depois? Tá louco? E o perigo da explosão dos testículos? Não pode! Não pode!

Carla disse...

Quando estava começando a me empolgar..

Mas acredito que as "mulheres" tem alguns motivos para adiar uma gostosa brincadeira

Uns mais nobres..
- Virgem, a procura de uma experiência que embale seus devaneios, constuidos nos berais da utopia.
- Casada, com preceitos morais que impedem de libertar-se das amarras e deixar se levar pela magia do momento.

Outras ocasionais...
- Monstruada, não é uma experiência muito gratificante
- Langerie desgastada, deprimente para quem usa, imagine para quem vê, por isso é sempre bom estar preparada.

Empatia..
Muitas vezes existe a atração, mas falta algo, talvez aquele cheiro que embriague ou falhas na abordagem

Masoquismo...
- Há quem se negue a atender as artimanhas do desejo, talvez por medo ou outras neuras

Estrategista..
Essa é para quem tem como hábito de leitura a Revista Claudia, Nova, entre outras, segundo comentários de um "amigo"

Deve existir muito mais motivos, dos quais minha vã ignorância desconhece.

Renatinha disse...

Vai ver Mercúrio estava em Aquário... o que fazia com que a intuição fosse algo mais a se considerar que o gozo carnal... ou então a Lua não estava no signo dela e isso fez com que ela não captasse as energias adequadas para o orgasmo transcendental 'dele'... acontece que o cidadão é ariano (rsrs)... e ela, como boa pisciana - com ascendente em Libra, diga-se de passagem - sabia que se o famigerado clímax de seu parceiro de longas e perfeitas lambidas acontecesse (vejam, nós ouvimos apenas uma das versões - e se ela chegou ao cosmos e ficou satisfeita?) haveria uma chance muito grande de que o rapaz se perdesse pelos mares obscuros onde se encontram todos os excessos e paixões. No fundo... foi para o bem de todos... é garoto... levante as mãos (creio eu que, ainda, lambuzadas) para o céu e agradeça... (01/01/2009 - 02:25am) Feliz Ano Novo!

Renatinha disse...

É... só pode ter sido isso mesmo... ou então, falando no bom e velho português: ela é uma FDP muito da sacana. Por sorte, sempre se pode contar com o "plano B"...

DIZDIZENDO disse...

Mulher má é tudo de boa...
Mesmo na solidão do chuveiro!