quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Diálogo sexual de um amável casal que se odeia

Pequeno conto, grande contribuição do Fernando Ramos, parceiro nosso n'O Coletivo (o currículo dele está lá) e autor do blog Coluna Fantasma. O Fernando é vascaíno (argh!) mas fora isso é gente boníssima. Valeu Fernando! E o bafafá aqui vai começar de novo. Querem apostar?

Sabe aquelas relações que ainda só existem por conta do sexo (porque é o único momento em que não falam sobre outro assunto), dos filhos ou da falta de alguém mais interessante surgir? Então.
- Às vezes sinto asco quando vem me beijar depois de transarmos, disse ela.
- Sério? Repulsa depois do sexo ou mal hálito mesmo? - indagou o rapaz.
- Os dois. Mas o mau-hálito - ela completa fazendo careta de nojo - tem a maior parcela da culpa.
- Ah... - ele responde reticente para depois de alguns segundos de silêncio, perguntar - É mesmo tão ruim assim?
- Acredite, é. Cheira a cocô. - ela retruca olhando bem para ele e balançando a cabeça positivamente.
- Ah, tá... - outra vez responde reticente. E completa com tom de ironia e escárnio na voz - Mas aí a culpa é sua. Ou você toma banho direito ou não me pede pra te dar beijo grego.

26 comentários:

Anônimo disse...

Ela devia estar nos dias, com certeza! kkkkkkkkkkkkkkkk

Reclamasse de outra coisa, mas não disso! Nem pensou, a criatura!

Péra... Foi homem que escreveu!

kkkkkkkkkkk

(Mas foi legal!)

Anônimo disse...

Ah, deu empate lá... Ninguém conseguiu se decidir.

Beijinhos.

iara disse...

poxa, la chuca resolvia!
fica limpinho dizem por aí....
rsss

não sabe o que é a chuca? mais um pra série vivendo e aprendo, ou como perder sua inocêncai nos blogs...

googleia meu povo!

Anônimo disse...

mal hálito e membro mal lavado, desse jeito e ainda conseguem fazer sexo...então ainda tá bom o negócio.

Anônimo disse...

mal hálito e membro mal lavado, desse jeito e ainda conseguem fazer sexo...então ainda tá bom o negócio. [2]

e "VASCAÍNO, ARGH" foi completamente desnecessário!

Daniel Salles disse...

Olha a xuca!!! hahahaha

Agora, 'Beijo grego'...to aumentando o vocabulário...conhecia pela alcunha de 'laminha'! hehehe

Ragas disse...

Ahahaha...A "Cocota" estava no estado conhecido como TOCA DE RATO!! AHAHAHA!!

Sensacional!

Gustavão, para responder sua pergunta no Van dos Quebrados, é menino mesmo. João Gabriel.

tem conto novo lá! Olha o link aí geeeennteeee!!

Primeira-Clase

Abrazzo Ragazzo

iara disse...

gente...é o máximo!
to aprendendo tanto aqui!
glossário sexual dos anos 2000.

Anônimo disse...

Tenho certeza que o casal do mini conto sabe o que é pão na chapa!

Fonseca disse...

www.google.com

"Beijo grego"

Ahhhhh. Entendi.

¬¬

Pàris disse...

Desculpe-me a ignorancia o que é beijo grego?

Depois do sexo ou antes dele beijo é o de menos....

Edu C. disse...

Minha mãe é uma senhora um tanto desbocada. Estávamos em uma galera na sala de estar falando besteiras quando surgiu o termo "beijo grego". Eu, querendo ser polido e douto, expliquei que se tratava de sexo oro-anal. Não deu dois segundos entre a minha explicação e o complemento de minha mãe diante da cara de dúvida de alguns: "é língua no rabo, moçada!"

Ah, mamãe também não sabe o que é pão na chapa!hahahaha

Abraço, Gustavo.

Fernando Ramos disse...

Realmente: vote no MCP para glossário sexual. Chuca?

Como disse o Gustavão em um miniconto, lá se foi mais um fiapo da minha inocência.

Iara: "fica limpinho DIZEM por aí...". kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Ahan, me engana que eu gosto.

Anônimo e Damaria: concordo, se mesmo assim ainda estão juntos é porque o sexo que os segura é meuito bom.

Damaria: concordo contigo em outro gênero também, que foi desnecessario o "argh" do Gustavo. Hehehehe.

Fernando Ramos disse...

Iara: ah, mulher, quase me esqueci de dizer que realmente googlei a chuca. E fiquei estupefato. Hehehe.

iara disse...

FERNANDO

amigos gays são tudibom!
outro universo!

me ensinaram o que é a chuca....e monte de outras coisas. adouuuro e admiro.

Srta. Rosa disse...

Kakakakak, eu sempre me divirto quando venho aqui. Vai entender os homens... rs.

Larissa Santiago disse...

vai correndo e escova os dentess
hehehehehehheh

minicontosperversos disse...

coronadoindependentemente de o conto não ser nosso, ficamos emocionados com toda essa movimentação. percebem que existe um lance comunitário assistencialista no MCP? todos se instruem mutuamente sobre um assunto tão importante e fundamental em nossas vidas. e mesmo que tudo já tenha sido esclarecido, não podemos nos furtar de responder aos AMADOS leitores. é um vício.

sra. mirian - 1) entendeu que ela não estava nos dias né? é muuuuita inocência, hehe; 2) o empate continua?

iara - 1) chuca é a denominação carinhosa; mas enema ou clister não são tão feios ou técnicos assim... 2) sim, MCP é cultura 3) pergunta lá pros amigos gays se eles sabem o que é "pão na chapa"

anônimo / mariamélia - não conseguimos entender onde é que podia ter membro mal lavado aí... só se o cara tivesse se autoboqueteado

fidel - pelo que conhecemos, "laminha" deve ser apelido interno, com o perdão da palavra (piada interna é aquela que só um grupo de pessoas entende, e por associação, apelido interno...)

ragas - o amigo aí pode explicar esse tal "toca de rato"? não entendemos mesmo

mariamélia - só se convidaram alguém (e não chamaram a gente pra assistir)

páris - entendeu?

edu - agradeça sua mãe pela explicação mais simples e objetiva de um tabu; avisa que ela já tem fãs aqui na blogosfera

fernando - o mérito (fora o de ser vascaíno) é todo seu, queridão; agora... por que seu blog tá com os comentários bloqueados, hein?

srta. rosa - em que contexto a srta. não entendeu os homens nesta?

larissa - como ninguém tinha pensado nisso antes?

pra terminar:

a primeira vez que tivemos contato com uma tentativa de dar nome à coisa (e não à coisa em si, pois a prática sempre vem antes) foi no filme (que amamos) NONO PORTAL, em que aparece uma gravura da idade média na qual retratam uma donzela fazendo o "beijo profano" no demo; ou seja, isso é coisa do capeta, moçada, quem faz vai pro inferno

e como no MCP tem até concurso, vamos fazer um aqui: qual seria o nome de um 69 de beijo grego? 6009?

maria disse...

É verdade, vc tem razão... além disso eu concordei com o "mal" com "L", quando deveria ser "mau" com "U". Mas o casal se ama. E muito. Isso é que importa! rs

Quanto ao pão na chapa, como vc pode dizer isso se vc apenas "supõe" o que seja? Pão na chapa é o mistério sexual do milênio!

Fernando Ramos disse...

Fala, Gustavão!

Cara, Só está bloqueado os comentários dos dois últimos posts, que em verdade são só teasers (olha o nosso publicitarês), e comecei a perceber que as pessoas deixavam os comentários no meu blogue, e não no Coletivo. Por isso os bloqueei, mas estou repensando.

E, a explicação sobre o beijo profano foi excelente. Só um problema: minha alma está no purgatório, porque a matriz do inferno estava cheio de gente gregobeijante ou grego beijado. :)

Ragas disse...

Miha avó nasceu e foi criada em fazenda, daquelas em que, antigamente, tinha buracos de rato na parede iguais ao do Jerry no desenho...Dizem que o rato permanece no mesmo local por um certo período e depois procura outro lugar para ficar, e quando deixa esse buraco o negócio está fedendo uma barbaridade, razão da analogia...

nunca sabemos o que é fato e o que é lenda, mas essa designação além de engraçada me faz lembrar das divertidas asneiras pronunciadas por vovó Olga...

Abrazzo Ragazzo

Mary West disse...

mal hálito e membro mal lavado, desse jeito e ainda conseguem fazer sexo...então ainda tá bom o negócio. [3]


Espero jamais passar por uma situação assim. \o/

Mary West disse...

Eskeci de dizer que o novo lay tá ótemo. Cor de carne.

Meyviu disse...

É um dos finais mais inesperados que eu poderia ter lido e o comentário mais reticente que poderia ter postado...

Alice ainda mora aqui disse...

E eu achando que koonete era o suprassumo de modernidade!

minicontosperversos disse...

quando o contista tem algo para dizer de um post de quase dois anos atrás, é porque tem coisa interessante no ar; aqui são duas:

1) não sei se num conto recente do blog ou no twitter @minicontosperv (acho que foi no twitter) o segredo do pão na chapa foi desvendado; a "posição pão na chapa" é aquela em que, de barriga pra cima, a moça coloca um travesseiro embaixo do quadril, pra ficar mais pra cima, e como dizem as antigas, ganhar alguns centímetros a mais pra dentro (sabem do que, né?)

ah... a polêmica do "pão na chapa" começou com o (desaparecido) edu aqui

2) percebam que ali antes do nosso último comentário, colocamos a senha de vários dos nossos e-mails; e ela ficou ali meses a fio... seria a delícia de qualquer stalker

simples de pegar, né? uma questão de dedução. bastava pensar "o que essa palavra 'coronado' tá fazendo logo antes do que o cara escreveu? o que ele digitaria logo antes do comentário?" ninguém tinha sacado?

óbvio que mudamos as senhas...