sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Sabonetinho

Como explicar de um jeito que não fique vulgar? Um dia escutei a palavra numa boate de baixa categoria e não tive coragem de passar por leigo e perguntar. Mas fiquei encucado e, como sou curioso e não sossego enquanto não resolvo a coisa, andei perguntando para todos os amigos.

Um conhecido que faz parte de um desses grupos de apoio ao pessoal marginalizado conhece bem o dialeto da rua e me explicou: "Sabonetinho, ou sabãozinho, é quando duas moças se encontram, entrelaçam as pernas até encostarem as perseguidas e ficam se mexendo até sair uma espuminha."

Daí eu perguntei pra ele:
"Tá, e o cara fica fazendo o quê nessa hora?"
"Que cara? A moça vai lá e paga para outra moça fazer sabonetinho com ela."
"Quer dizer que lésbica também vai em puteiro?"
"Claro!"

Foi aí que eu perdi mais um fiapo da minha inocência.

41 comentários:

minicontosperversos disse...

Não sei se é só com a gente, mas esse blogger tá uma merda pra publicar. Cheio de erros, tanto no firefox como no explorer.

Então? Conto falando de puteiro pra ornar com a nova cor de fundo.

Revisora do p... disse...

e eu também com este relato perdi mais um fiapo do meu desconhecimento.

A Senhora disse...

imaginaria tudo, menos isso! lá se vai um pedacinho da minha vasta inocência... :(

nin@ disse...

éeeeeeeeeeeca q imagem do inferno vc me fez ter agora Gustavo!!!
Pelamordedeus, será que a bolsa de valores masculina anda tão em baixa assim??? rssss
Putz, foi hilário o seu derradeiro comentário do conto: último fiapo de inocência....kkkkkk só rindo de você mesmo!!!
bj

damaria disse...

Ahhhh, é o famoso velcro. Pois é, há malucA pra tudo...

Louise disse...

hahahahahaha
Mais uma para o aprendizado!!
Imagem do inferno, puteiro, inferninho... hahahaha

Altavolt disse...

Caro Gustavo,
Isso prova que sempre podemos aprender algo mais. Parabéns pelo blog e, principalmente, por ter escolhido ELAS como o tema central, pois melhor e mais importante assunto não há!
Abraço!

J i l s disse...

... como fui primeiro ver a foto em tamanho "legível" (literalmente) fique num instante "cri, cri" imaginando o que seria...
Realmente inimaginável pra criança aqui hehe... ;) nem tanto

Flavinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Taynar disse...

Concordo com a Revisora. Se bem que também concordo contigo.

Lá se foi vários fiapos da minha cabeça.


Pra essas coisas, confesso ser baunilha. Sou a favor do tradicional homemxmulher.
Mas cada qual com o seu cada um.

Beijos

Jean Rocha disse...

pois...
eu já tinha ouvido falar a respeito.
foi num outro blog do qual eu não me lembro agora (pra você ver como a perversão está por toda a parte).

Ah, entre 26 e 28 de novembro estarei aí em Curitiba. Combinemos algo (programa família, que eu sou um rapaz casadouro).

Jean Rocha disse...

aliás, casadouro e abstêmio. fica o desafio de arranjar algo interessante hehehe!

iara disse...

como eu já sabia o que é sabonetinho, mais conhecido por aqui como sabãozinho mesmo, devo concluir que a minha inocência não tem mais nenhum fiapo....rsss


bj.

iara disse...

sópápentelhá....

prefiro o pretinho-básico-chic- glorinha-kalil que o vermelhão- puta....pronto falei!

Camilla disse...

Foi aí que eu perdi mais um fiapo da minha inocência.

[2]

Edu C. disse...

E MCP é cultura, eu não fazia idéia do que era isso!!! Fantástico... para mim pão na chapa e beijo grego já são termos estranhos...
Abraço

Antonio Ximenes disse...

Cara.

Devo confessar que faço parte da categoria previsível de seres masculinos que possui a fantasia óbvia de vivenciar uma experiência com duas garotas.

Casei sem cumprir essa obrigação para comigo mesmo... rs.

Na minha humilde opinião... todos tem o direito de perseguir e satisfazer seus "gozos".

Gozar é preciso.

A minha inocência também vem se despindo aos poucos, diante das histórias que escuto e leio.

Porém.

Bato palmas aos que conseguem... nesse mundo tão hipócrita... satisfazer seus desejos e fantasias... sem culpa e sem remorso.

Té mais.

iara disse...

opa!
pão na chapa conheço não...
só o da padaria...
explica aí....

Marianinha disse...

Já tinha ouvido falar em colar velcro, briga de aranhas, mas sabonetinho, espuminha, nunca, nunquinha,,,rsss,,,,
Acho que pra perder totalmente minha inocência, ainda falta muuuuuuuuuuuito.
Morro e não vejo tudo.
Bejo e bom final de semana.

Toninho Moura disse...

Que bom que, volta e meia, aparece algo para nos surpreender, não é?
Já que vai mexer no blog, aproveita para ver este lance de colocar você no feed e linkar para outro site, em inglês.

Passe lá que tá rolando um "papo de corno".

Braços!

Celine disse...

Se vc for pesquisar tudo que vai em puteiro...
hehe

beijoss

Ragas disse...

Agora imaginem só dois caras fazendo um "jedizinho" com os "sabres de luz" se debatendo...

É o limiar entre o paraíso e o inferno é muito tênue...

Abrazzo Ragazzo

Lyn Monroe disse...

Eu sumo um pouco qdo volto vc ta de lay novo? posso opinar q gostava mais do preto??rs
mas tbem ficou bom.
(e como alguns, com esse post foi mais um fiapo da minha inocencia! rs)
mas agora fiquei curiosa com o pao na chapa! como Iara, eu so conheco o da padaria, tem outro é?
conta??rs
beijos!

Tata disse...

Olha que o novo figurino do blog pentedeira de p... quase me tira a atenção do conto em si... rsrs mas foi impossível, quando soube o real significado do "sabonetinho", ainda mais quando fala da espuminha "haight" ecaaa!!! e quanto a inocência, quando se pensa que ñ temos mais, vemos que somos mais castos quanto parecemos... rsrs

Srta. Rosa disse...

e eu agora.
.
juro que eu acho essas escolhas sexuais fora do tradicional homem x mulher muito danosas ao mercado, hauahauahau.
.
sabonetinho? jura. nome péssimo. bom, mas imaginar também foi péssimo. então dá no mesmo. ui.

Cláudia disse...

Hum... vc repaginado, hein!
Enquanto vc embarca no vermelho caliente, eu mergulhei na imensidão azul ;))

Beijoca, my friend :))

minicontosperversos disse...

revisora / sra. mirian / camilla / lyn - existe uma esperança, pois agora falta descobrir o que é o tal "pão na chapa", citado pelo edu; sim, ainda somos inocentes

nin@ / louise / srta. rosa - que nada, a cena deve ser linda; duro é no final, em que devem ficar parecidas com as bocas de dois boldogues depois de dividirem um sanduíchão lotado de maionese

mariamélia - ops! velcro sim, mas com um creminho no meio

altavolt - seja bem-vindo, companheiro; e contunue na sua luta pela incansável descrição do grotesco!

ju jils - eita, curiosa! na verdade a dúvida também nos surgiu ao ver a fotinho do cartaz, mas aí não cabia num conto ou ficção, né? quem será o autor da foto hein?

SERÁ QUE ALGUÉM DESCOBRE?

flavinha / iara / lyn - por enquanto sim, vermelhão-batom-de puta; e agora que vocês disseram, nenhuma perversette vai assumir que usa essa cor de batom (nem pra pintar as unhas)

taynar - você chega lá, bela; esperamos que um dia vc chegue lá, baunilhona!

jean - só não conta pra noiva com quem vc vai sair

edu - vamos lá, amigão, pintou termo novo no pedaço; do que se trata esse "pão na chapa"? beijo grego conhecíamos antes por "beijo profano", daquele filme "nono portal"; todos os nossos leitores aguardam ansiosos a explicação

ximenes - dessas coisas a gente só sabe de ouvir as façanhas vivenciadas pelo amigo zé, e pelo que ele falou: imagine que você gosta muito de nhoc, mas bastante mesmo, aí você come um nhoc no garfo, e depois você come uma colherada com uns seis nhoques ao mesmo tempo, essa seria a comparação; de qualquer forma, sempre tem um jeitinho, pois nessa vida de casado é tudo contrato e negociação; ficamos na torcida!

iara / lyn - estamos no aguardo também

marianinha - falta sim, pode ter certeza; e reiteramos a pergunta antiga, da autorização pra srta. circular por aqui

toninho - papo de corno hoje em dia é sinônimo de papo de homem, amigão

celine - pode nos dar alguns exemplos?

ragar - mas tava tudo tão bonito, aquela coisa de pele lisinha e sedosa; agora o amigo aí chega e deturpa toda nossa elucubração estética... vai de retro, satanás!

tata - somos todos uns santinhos, mas... reiteramos o que falamos pra taynar ali em cima

claudia - ahan, porto de galinhas é covardia

minicontosperversos disse...

cláudia - não entendi; é um blog novo, vazio? onde está o sanidade bandida? (um dos nomes de blog mais perfeitos até hj)

* disse...

gostei da tua visita e ainda mais dos teus comentários

adorei estar aqui e ti ler

o que posso dizer rs ?

vivendo ou melhor lendo e aprendendo

bem vindo ao meu espaço
posso ti add?
aguardo

beijo homem

J i l s disse...

Olha quem tirou a foto eu nem imagino...
Mas quando ao batom vermelho e as unhas vermelhas depois que virei loira não saem dos respectivos lugares... hehe

minicontosperversos disse...

enquanto o edu (tranqüilo que só ele) não aparece, ninguém se arrisca a decifrar o pão na chapa?

Altavolt disse...

Grande Gustavo, queria agradecer a sua visita e sua contribuição ao meu humilde espaço. Tenha certeza que vou aproveitar as suas sugestões, muito pertinentes ao tema, por sinal. Estou tomando a liberdade de adicioná-lo como blog amigo, ok? Agora, pão na chapa ?, meu caro, sinto que estou a caminho de perder mais um fiapo da minha inocência, ou a minha imaginação anda muito fraquinha! rsrsrsr... Grande abraço!

Altamir

gustavao com acesso travado sabe-se-lá-por-quê disse...

lakian - pode MI add sim; muito lindos os seus desconexos

ju lils - eita carga hormonal!

altavolt - sensacional, amigão! aproveita e explica a utilidade daquele dedão; nos lembrou "as vaqueiras também choram"

ninguém arrisca um "pão na chapa" aí?

Edu C. disse...

Bom, vamos lá. Pão na chapa é uma polêmica. Rola naqueles anúncios de orelhão no centro de São Paulo. A versão mais coerente que vi, pensando inclusive na imagem do pão na chapa, é o sexo oro-anal. Como é um oferecimento da profissional, suponho que role um dedo da moça no moço... digamos, um beijo grego 2.0
Um dia ainda ligo para uma especialista e pergunto!!!

iara disse...

edu. c

não sou muito inocente e tal, mas posso dizer que num intindi nadinha???

FERNANDO RAMOS disse...

"Quer dizer que lésbica também vai em puteiro?"

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

Sabe o mais engraçado? Que agora perdi mais um fiapo da minha inocência.

Bem Resolvida disse...

pára tudo!!
essa é boa!! putz!!!

Cara...tenho tara pra pagar uma puta!! Fetiche total!!
já pedi pra Sexy NErd um dia matar minha vontade...e clar, participar da brincadeira!!

Mas...sabonetinho é o caralho!! Deita e abre as pernas!!

Atre disse...

pois é...Acabei de perder "mais um fiapo da minha inocência" com essa informação do "sabonetinho"...

Anônimo disse...

Caros, lamento decepcioná-los, mas sabonetinho não é uma relação homossexual não. Sabonetinho é quando o homem excita-se e ejacula nas coxas da moça. Uma zona em que cobra-se a chave (quarto) e a camisinha (R$1,00); além de ter uma meretriz chamado Ducarmo, com toda a certeza não recebe mulheres em busca de outras mulheres. De todo modo parabéns pelo Blog.

Hamilton disse...

O que significa eu nào sei e aqui não ficou claro já que "há controvérsias". Mas nossa querida Xuxa Meneguel no filme Amor estranho amor, enquanto seduz o garoto de 10 anos, chama-o de "sabonetinho". Nunca entendi bem o que era, mas aí vai os meus parabéns a "rainha dos baixinhos"(sugestivo não?), que sabe tudo.

Lelli disse...

kkk e esse povo delirando no q eh sabonetinhoooo... hauhau


bjinhus queridooo

sabontes e trnasas

}Lelli