quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Perfume de mimosa

Na selva, o leão mata os filhotes da leoa (com outro) para ela voltar a ficar no cio. Então ele dá umas com ela e, enquanto isso, toma a comida que ela caça. Tudo encarado com muita naturalidade. Daí um dia o cara seduz uma MULHER de dezesseis anos e todo mundo quer ver ele na forca.

Nosso amigo, que nutria um amor episcopal pelas mulheres, viu aquela "chica muy guapa", como gostava de dizer, numa visita ao sítio de uns amigos. A casa era grande, ele circulava por ali, deu com a moça simplezinha, vestido de chita, não teve dúvida em abordar. E como a química foi intensa, eles se resolveram rápido, num vestíbulo que tinha perto da cozinha da casa.

Dia seguinte acordou todo feliz, chegou no café da manhã fazendo graça: "Alguém tá usando perfume de mimosa hoje?" E gelou quando viu a mocinha sentada à mesa, com roupas de shopping. Muito rápido ele fez a conta e reconheceu a menina que a ele tinha sido apresentada quatro anos antes, filha dos donos da casa, na época pré-adolescente. Como cresceu!

Sentou à mesa bem quieto e comeu sem levantar os olhos. A "proibida" percebeu e passou o resto do dia achando aquilo muito engraçado. Ele acabou adiantando a volta à cidade por motivos profissionais.

:: 17.02.2004 ::

29 comentários:

iara disse...

aí a proibidinha engravidou e....
rsss
já pensou a continuação?kkkkkk
bjs

damaria disse...

Legal... um post sobre moda. rs
Tá vendo como roupa é importante?
(me fez lembrar: por conta da gripe que me ama e não me abandona jamais, minha mãe me mandou procurar um médico, Dr. Fulano, conhecido da família de longa data, aí concordei e tals, mas ela logo avisou: "eu vou junto! Porque o Fulano não vale nada, vai que ele parte para cima de vc, blá blá blá"... como se eu fosse uma "menininha"... ou talvez o perigo esteja em eu não ser mais)

louise disse...

hehehehe
Aconteceu com um primo do meu ex. Mas a "menina" era o que se chamava de "cria da casa" - filha da empregada que ia tomaria o lugar da mãe... e acho até que ela tinha essa função mesmo, de "entreter" os visitantes da fazenda...

Beijo!

minicontosperversos disse...

Ah, sim. Pra quem não é de Curitiba, é bom explicar que "mimosa" é como o pessoal chama aqui aquelas tangerininhas de casca fina e que cheiram de longe.

Bom é pegar ônibus lotado e a mãe dá pro "piá pançudo" uma mimosa pra ele comer. Duas horas depois o cheiro ainda não saiu do nariz.

Sgto. Peixoto disse...

Uma das coisas mais perigosas da vida é comer sem olhar.

Pode dar cadeia e tudo mais, sem contar que dá pra se entrar na porrada com uma dessas.

Ou pior, visualiza o painho duma ninfeta bandida dessas ser miliciano matador e sangue ruim?

Bem Resolvida disse...

"vcs" são muito curiosos, hein...
adoram um detalhe não é mesmo??
SN adora brincar com o consolo...em mim, claro. E adoro brincar de DP com os 2, ele e o consolo, o qual dei o nome de "mini-me", na verdade é mini-ele.hehe

Edu C. disse...

Eu não sei o que é melhor por aqui, se os mini contos ou os comentários! Ninfeta bandida filha de miliciano matador e sangue ruim???
Como ouvi de uma criança certa vez "eu me se divirto"!!
Abraços

Jean Rocha disse...

É... hoje em dia está cada vez mais difícil cometer enganos...
Eu, que tenho irmã na flor-dos-quinze-anos, não quero nem pensar...

P.S.: Extremamente grato pelo presente. Lerei e comentarei em breve.

Abração!!!

Camilla disse...

Motivos profissionais...
Sei sei!!
Hahaha

Beijos

Daniel Salles disse...

Se aos 16 anos pegávamos as de 16 e as de 25, as de 35 e se desse sopa até as de 45, por que isso deveria mudar um dia?! Afinal, sentou no vaso e não balança mais as pernas, já tá valendo! hehehe

minicontosperversos disse...

he-he-raRARARARARÁRÁRÁRÁRÁRÁRÁRÁRÁRÁRÁRÁRÁRÁRÁRÁRÁ

Apostamos 10 contra 1 que essa frase saiu de conmversa de boteco

A Senhora disse...

Pois é... e como a mimosa, o cheiro penetra, cola, e é difícil esquecer...
Ele fugiu, mas ele volta... ele volta... ;)

beijinhos

Flávia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Tem gente que realmente nunca esquecemos, rsrs, isso lembra uma história que aconteceu comigo...

Jaque Lima disse...

Eita mimosa. dessas que ficam na lembrança por mais de uma noite. por semanas. ou meses. mas que depois desenfetam. e você enjoa. ou prova outra. a mesma não "dá" mais. ou então você a reecontra e fingi que nada aconteceu.

Bjo!

Taynar disse...

O sargento Peixoto sempre levantando questões suscintas...

Não conheço a 'mimosa', mas tangerina deixa um cheiro de uns trÊs dias [como é inocente essa menina]
De qualquer forma, não vou ser feminista, nem machista no meu comentário, me contenho a dizer que motivos profissionais foi uma ótimo desculpa.
Beijos, moço =)

Alucinógena disse...

O dever chamou!

HouahauhuahhOUAHoahOH

#)

minicontosperversos disse...

Antes de distribuir uns tocos, que é a parte mais divertida do dia, vamos fazer uma confissão de contista.

A Camilla e a Alucinógena pegaram na veia no que comentaram. Uma das partes mais importentes e difíceis de um conto é o final. Porque o conto não pode simplesmente terminar. Ele tem que ter um desfecho. Alguma coisa que vá além da surpresinha característica das anedotas.

Tem conto que fica semanas no "estaleiro" porque não conseguimos formular um desfecho decente.

Dois caras foram nossos professores nessa matéria: o Buk e o Hem. Os dois escreviam seco e terminavam os contos meio que no seco também. Mas entendam que terminar seco não significa apenas parar a narrativa. É preciso alguma sutileza maior.

Esse conto "Perfume de mimosa" é um exemplo bem legal disso. E qual a grande sacada desse desfecho? O cinismo.

minicontosperversos disse...

iara - que nada; o vestíbulo era a despensa da casa. devia ter camisinha lá dentro

damaria - é, vestido de chita é só "arriá"; e o dr. fulano? mandou tirar a roupa pra examinar a garganta?

louise - tá, mas o que aconteceu com a cria da casa? embarrigou? foi mandada pra zona?

sgto. peixoto - olha, dependendo do caso até um papa-hóstia mirrado pode virar um spawn descontrolado quando o assunto é proteger filha; falamos de carteirinha, e olha que a nossa está ainda com cinco; quando chegar nos 11 encomendamos a garrucha

minha mãe sempre repetia: "olha o que vc está fazendo com a filha dos outros"

bem resolvida - não deu pra entender bem; dá pra mandar um filme pra gente conseguir visualizar?

edu - essa é a idéia: literatura na parte preta e besteirol na parte branca

jean - digamos que cometer o engano até que é fácil; difícil é bancar as conseqüências

camilla - pegou na veia, bela

fidel - sua frase (e mais o conceito de macho alpha) foi o assunto da mesa de boteco ontem

a senhora - que dizer que vc já usou um vestido de chita um dia, né? o que será que os sítios têm que o pessoal fica todo ouriçado hein?

flávia - tem um continho antigo aqui no MCP, lá no começo, chamado "leitoa fujona" que retrata bem o que vc deve ter feito pra se esquivar das investidas do amigo do pai

anônimo - qual história?

jaque - bom saber que o continho acendeu alguma lembrança

taynar - esquecemos de mencionar você no comentário acima; ah, nessa tua foto vc parece SÓSIA da irmã de uma amiga, muito linda; agora... o que a srta. estava fazendo acordada às quatro da matina?

alucinógena - que bom que vc apareceu

minicontosperversos disse...

Sabe-se lá por que, mas ao responder a prococação da iara lembramos dessa historinha:

Tava rolando a maior suruba na floresta. Cada bicho transando com outro de qualquer espécie. O lobo com a macaca, o jacaré com a girafa, o papagaio com a hiena, a lagartixa com o rinoceronte...

Até que chegou o leão e deu a maior bronca:
- Ô pessoal! Assim não dá! Desse jeito vocês vão acabar mudando a natureza animal. Ou vocês transam com alguém da sua espécie ou façam como o jumento, que está usando camisinha.

Aí o jumento se vira pro leão e diz:
- Ô seu leão, não é camisinha não... é a cobra que tá me fazendo um boquete!

Bowie Macgowan disse...

Certo, correto e certíssimo.

Flávia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Srta. Rosa disse...

Hahaha, muito bom! Impressionante como esse povo cresce num piscar de olhos, né? Um rapazote qeu eu dei aula quando eu tinha uns 17 (ele devia ter uns 11, 12) outro dia me encontrou na noite e veio cheio de idéias. Ainda bem qeu eu reconheci! Rs.

Taynar disse...

Essa 'histórinha' da floresta. hahahahah

Tinha acabado de chegar do show do Scorpions, moço. Ai o sono, tava no espaço...

Mas engraçado como essa história deve acontecer que só nesses interiores por aí...
Me lembrei do livro 'A Casa dos Espíritos'.

Beijos

Daniel Salles disse...

As idéias sempre surgem nos botecos, é a fonte do pensamento contemporâneo, não tem jeito...rs!

E digo mais: mocinhas, ouçam a voz da experiência!!! hehehe

Tatah Marley's Confissões disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKk
Vale-me Deus a idéia da Iara foi tensa..
já pensou?
UAU!
Se bem que é moh sex hot se envolver com caras beeem mais velhos..
já me atraquei com um de 41 uma época dessas, mais como ele tinha se divorciado, nao deu mto certo..!
kkkkkkkkkkkkkkk
Voce desgraçando meus problemas mais ainda ein?
ushauihsuiahsuiahuishauihsaui
gostei, gostei da idéia do conto..
e foi com remédios, mais os efeitos colaterais foram tão ruins, que na proxima (se tiver, peço a Deus que não) ou faço a coisa direito, ou prefiro nem fazer.. ¬¬

Motivos profissionais?
Não tinha nada mais original não?
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
beeeeijos
;*

Ragas disse...

Se há sombra, é porque em algum lugar há luz...

hehehe...gustavão, vc ainda tem salvação...

quem quiser ler outras bizarrices é só acessar meu blog van dos quebrados no blogroll de nosso host.

Um Interessante Toque de Pedo.filia é o último post.

Abrazzo

minicontosperversos disse...

bowie - tá, acertamos aquela do slaintè; mas se o certíssimo for pro "estamos nos sentindo intrusos", cara, isso é aquele perfeito toco britânico

flavinha - não contra só pra nós; conta pra NÓS!!!

srta. rosa - e vc não realizou a fantasia do rapaz, de traçar a profe da escolinha? quem nunca teve essa fantasia? isso sim é maldade

taynar - hum, não temos lá muito respeito pelo scorpions; mais do que temos pela madona; aliás, menos desrespeito; mas respeitamos quem passa a noite se divertindo

agora... que interiores em que essa historinha só acontece? que historinha? aquela dois bichos TODOS sabemos que só nas fábulas do la fodeine; qual historinha e que interior?

fidel (daniel) - isso! mocinhas, ouçam, de preferência ao pé do ouvido, onde se aprende melhor

tatah - ah é? sex hot? e desde quando 41 é "mais velho"?

ragazzo - isso mesmo: usou saia não é escocês, mijou sentado e não é sapo, mais de 20 dentes na boca e mais de 1,40 m de sombra -- FOI PRA FITA

Mary West disse...

Iiii ele fez a coisa certa sabe, hj em dia essas pequenas são mais traiçoeiras que as mais "velhas".