terça-feira, 31 de agosto de 2010

Veneno doméstico

Estávamos de mudança, e na quinta-feira a gente amontoou tudo que é nosso no quarto. À noite ela ficou com sede e tomou toda a garrafinha de água que deixamos do lado da cama. Mas a sede persistiu, e, sonolenta, foi tateando o chão até que achou uma garrafinha. No que ela tomou um gole já falou "Bebê, tomei um produto de limpeza", e começou a espumar. Era um desses alvejantes modernos. Ela ainda está internada e vai ficar com sequelas no estômago pra sempre. Só um gole faz isso, imagina a garrafa inteira.


:: 26.08.2010 :: historinha contada pela amiga Jils

14 comentários:

minicontosperversos disse...

Sim, existe uma mensagem subliminar aqui, não da Jils (que nos contou essa história linda, de cuidado, de cuidar) mas nossa, do gustavão, do MCP.

Vampira Dea disse...

Juro que quando comecei a ler pensei que ele tinha mijado na garrafa, pelo menos de agora em diante puns e cocôs vão sair cheirosos, imagine nem vão precisar de purificador de ar na casa nova é só sacudir a bichinha e pronto tudo perfumado.

Rick Basso disse...

Acho que percebi qual foi a mensagem. Mas a literal é tão gostosa e divertida que eu prefiro ficar só com ela.

Vampira Dea disse...

Esse é um crime com características femininas, os homens estão mudando.

Menina Misteriosa disse...

Jils, sua mensagem de carinho é lindinha, mas confesso que gosto bastante de pensar na versão mais desalmada.

MeninaMisteriosa

menina fê disse...

imaginei que era outra coisa. rs

ainda bem que foi só um gole!

Cassiana disse...

meninas cuidadosas assim tão em falta...
daí a gente se refugia em líquidos suspeitos
=P

minicontosperversos disse...

Vampiradea - sempre cruel, hein, amiga; e... por que "ele"?

sem falar que xixizinho na boca é coisa tão normal hoje em dia...

Rick - sabe que, quando o escrito não é nosso, pensamos/agimos do mesmo jeito que você, amigo!

Menina Misteriosa / Vampiradea / assiana - vocês, lindas, e seus envenenamentos criminalísticos

Menina Fê - imaginou que era o que, bela?

minicontosperversos disse...

75.000 acessos completados minutos atrás! Parabéns e abraços a todas(os) as(os) envolvidas(os).

Vampira Dea disse...

Não entendi o "tão normal hoje em dia", Hoje em dia? Como se as coisas estivessem começando acontecer agora rsrsrs.Quanto a mim tô passando viu rsrsrs.
Mas como eu disse esse crime tipcamente feminino... Ela foi traída pela armadilha do esquecimento e mordeu a própria isca.

Luna Sanchez disse...

Aposto que a história nem foi bem assim...aposto!

Rs

ℓυηα

Felipe Carriço disse...

Lavou a alma!

minicontosperversos disse...

Vampiradea - Certa você. Sempre fizeram. Considere licença poética.

Tipicamente feminino, como a gente sempre tenta.

Luna - É? Acha que foi como?

Carriço - SENSACIONAL. Coisa de publicitário mesmo. O pessoal do Vanish devia copiar e fazer uma campanha.

O Matuto disse...

Realmente...eu acho que fui o único que não entendeu...hehe
todos aqu se desdobram em "eu entendi isso e aquilo..." mas não disseram nada...hehehe

leio, releio....
abs