quarta-feira, 13 de maio de 2009

Eu maltratei uma unha porque não sei me controlar

Exercício criativo-literário do amigo Ragas, baseado no Jogo MCP 1

Tudo começou quando a unha reclamou que eu não limpava a sujeira acumulada embaixo dela. Só que ela não falou educadamente, então, respondi: "Tá pensando que é grandes coisa, ô queratinazinha de merda!?!?!"

Ela me respondeu: "Na verdade, só tô pensando que sou grande, porque você é um maldito porco que não me corta!"

- Peraí! Porco, não! Sou corinthiano!"

Quando ela respondeu que o Ronaldo era gordo, perdi a compostura. Fui até o banheiro e abri a gaveta da minha esposa. Peguei um alicate de cutícula e mostrei para ela. A unha se apavorou. Sabia o que aquilo significava: tortura! Com um sorriso largo olhei para ela e disse:

- Se prepara, minha filha, porque eu vou arrancar uns bifes grandes o suficiente para alimentar o mendigo que apanhou da Sweet Toxicant!

6 comentários:

J i l s disse...

perfect nonsense!
adorei...

A Senhora disse...

Adorei!!! kkk Até sobrou para o mendigo da ST!!!

Perfeito!

Sentimental ♥ disse...

kkkkkkkkk, parece mais história de 'drugs' do q falta de controle, mas tudo bem. rs
beijos

Altavolt disse...

Esse Ragas é fantástico! E tudo começou com a brilhante sugestão dele! Abraços!

nin@ de volta ao planeta dos macacos disse...

kkk ótima!!! nem posso dizer mais q vc é surpreeendente! ;fala aí tÔ curiosa pra saber as novis!bjokas

Fernando R. Silva disse...

perfect nonsense! [2]

Muito bom! Mas pra alimentar o mendigo que apanhou da Sweet, deveria haver pelo menos um esmaltezinho recente por ali, pra ele dar umas fungada. :)