quarta-feira, 2 de abril de 2008

Acidente de percurso

A Juliana foi a única mulher que o Zé amou de verdade. Ele teve uma filha com ela e uns dois anos depois foi morar com as duas. Foi um pai e marido carinhoso. Não que tenha perdido seus pequenos vícios, naquela época, o de sair com prostitutas (leia mais)

4 comentários:

Anônimo disse...

Tadinho do Zé, com tantos infortúnios, vai acabar jogando em outro time!

Ana Paula disse...

Ahahaha! Pobre Zé!

Mirian Martin disse...

Fico imaginando se fosse ela quem pedisse que ele usasse a camisinha, como seria o final... rsss

Clau disse...

As coisas parecem clarear mesmo, eu começo a acreditar em justiça divina...rs
uma situação desta merece um "Bem Feito"..rsrsrs

bjos