terça-feira, 13 de maio de 2008

A sagrada busca pelo orgasmo inacessível

A moça não conseguia ter orgasmos, nem sozinha. Até tratamento fez para tentar resolver o problema, sem êxito. Mas não é por isso que não ia arrumar namorado, o príncipe que decidiu lutar contra seu dragão particular.

E nessa prazerosa busca (não se tratava de frigidez, só não conseguia o bendito orgasmo), numa transa com esforço acima do normal ela sentiu uma cãibra forte na perna. O griteiro resultante fez o namorado pensar que era o tal orgasmo inatingível. Com isso ele começou a se agitar no mexe-mexe. O ridículo da cena provocou nela uma explosão de gargalhadas, e aí é que ele se empolgou mesmo.

Quando finalmente o guerreiro chegou lá, ela continuou rindo mais uns cinco minutos, mesmo com a perna semi-enrijecida rasgando de dor. Depois explicou para o namorado a verdade da situação. O príncipe, frustrado, recomendou que ela comesse muita banana.

:: 11.03.2008 ::

14 comentários:

Anônimo disse...

Ai, que comédia!
*rolando de rir*
Bjo,
Paola.

A Bruxa disse...

Menino... Eu nem te conto...
Essas situações são mais frequentes do que se possa imaginar! ;)

Fada Sininho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
A Bruxa disse...

Fada Sininho, engano seu... Principalmente quando se está grávida, e cãimbra é a coisa mais normal do planeta nessa situaçào...

Mary West disse...

Hahahahaah! O principe realmente acreditanto que era o "cara". Pobre coitado.

PS: Olha tem até mesmo alguem me atacando lá no blog, mas naum é a inimiga naum...Ela naum é familiarizada com esse tipo de modernidade.

PS1: Sinta-se a contade em redigir o meu PS2. Fico é orgulhosa de vc ter gostado, naum é todo mundo que entende o meu humor, meio fino e meio camioneiro. =**

Mary West disse...

Oi? Naum entendi o lançe da perseguição. Perdoe meus fios loiros e explique mais uma vez. :D

Mary West disse...

Aparentemente alguém que acha meus textos com baixo conteúdo. Coisinhas do tipo: "Até parece que tá escrevendo sobre a cura da Aids ou tu acha que tem cérebro"

Enfim...Não faço idéia de quem seja, mas naum é rotineiro tais comentarios.

Se continuar a me elogiar eu ficarei extramente mimada. =*

minicontosperversos disse...

Esse lance de dar cáibra não tem nada a ver com idade ou trepações. Na puberdade este que escreve estas maltraçadas acordava se contorcendo na cama noite após noite. Era um griteiro.

Era excesso de atividade física mesmo.

Por outro lado, sexo daqueles mais hardcore também são atividades físicas pesadas (cardio, muscular e alongamento). Portanto, pode sim resultar em cãibra. Já aonteceu muito com o Zé.

iara disse...

ué? ela já não tava comendo a banana do banana???
então era banana ao cubo?
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
ai gustavão, ce mi mata de rir...
música de fundo pra a cena- beth frígida-blitz.sei, vc disse que não é o caso, mas lembrei mesmo assim..

e sim meninas sexo hard-core e prolongado, dependendo da posição, pode dar cãimbras...recomendo: mais sexo!!!!!!!

mas tadinha da mocinha não conhecia orgasmo nem na atividade sozinha e manual? recomendo vibrador de coeliho, by sex& the city, modelo charlotte.

J i l s disse...

Gente experiente é outros quinhentos... Acho que a mocinha ao invés de procurar alguém devia ter conversado com as amigas... hehe... vai que alguma delas dava uma dica assim, tão específica como a da Iara. Teria resolvido mais rápido... hehe

minicontosperversos disse...

E pensar que a Charlotte, tão romântica que era, se apaixonou pelo consolo. História cabulosa.

Flávia Brito disse...

kkkkkkk...

Priminho, eu já cheguei no estágio em que a gargalhada vem acompanhada de uma estratégica mudança de posição (já sei de cor a cartilha das posições anti-cãibras) e da frase "meu bem, faz assim, ó, desse jeitinho"... assim a cãibra empata-f* vai embora, o bofe não desanima e a o tal do orgasmo fica mais facinho... aliás, falando em facinho, e o oral, ela nem tentou? Duvido que não funcionasse...

Beijos!

Jean Rocha disse...

É... eu e minha companheira, ainda em tenra idade somos acometidos por cãimbras durante o ato.
Mas a sintonia é tanta, que já aconteceu de termos uma cãimbra simultânea.
E eu também já tive uma cãimbra durante o orgasmo (ou orgasmo durante a cãimbra, ainda não sei...)
Eu juro, é verdade...

Abração!

FERNANDO disse...

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

Essa foi a melhor! Puta que pariu! Como eu tô rindo por aqui! Kkkkkkkkkkkkkkkkkk.

Agora, me recuperando, o que faltava a ela não era banana. Mas a técnica ninja do halls preto! Hehehe.